sexta-feira, 15 de julho de 2011

“Eu te amo”

Ela estava olhando para aquele papel há duas aulas e estava pensando no que faria.
Não, ela não tinha recebido aquela declaração. Nem mesmo sabia se a entregaria, era arriscado demais. Os dois eram amigos. Certo, o professor estava saindo, era o início do intervalo, ele ainda não tinha levantado da carteira.
Ela fechou os olhos, respirou fundo, pegou o papel, o dobrou e levantou…
Apenas para ver “a outra” conversando com ele toda animada.
Ele também, como sempre.

- Queria falar comigo?
- Não, não… bobagem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário